Anorexia: precisa da lei?

Um atestado médico antianorexia. Os franceses estão tentando, com uma lei. E nós?
Lia B. Ancona

O tema dos transtornos alimentares é um tema quente e muito mais delicado, se entrelaçado com o mundo do trabalho. O verdadeiro ponto dolorido, que deu origem às certificações legais, é o seguinte: uma mulher jovem, ou mesmo uma adolescente, pode encolher a pele e os ossos para entrar em tamanhos impossíveis para as alturas exigidas (1,80-1,75 gênero) a quem devemos mostrar? Claramente não, nada é tão bom quanto uma boa saúde em harmonia com a mente. Já a mente! Nos casos de transtornos alimentares, é necessário um tratamento com o nutricionista e o psicoterapeuta. Alguém já diz que as leis são inúteis. Sim, somente se o fenômeno sugerisse o desaparecimento ou contenção do senso comum, que, no entanto, está sujeito às duras leis do mercado. Na Itália ainda não é novo, não há leis. Pessoalmente, na TV, eu esperava que ninguém fosse desfilar abaixo do tamanho 38, para salvaguardar a saúde e não ser forçado a reformar as curvas com a cirurgia plástica.

Vídeo: França aprovas legislação contra modelos anoréxicas (Outubro 2019).

Загрузка...

Categorias Populares

Загрузка...